Translate

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Medos,dúvidas e receios ....

Depois de tudo que aconteceu,venho aos poucos me recuperando,não é fácil,não está sendo fácil,e quem disse que a vida seria fácil?
Minha vida aos poucos começa entrar em uma rotina,não na mesma de antes,mas em outra rotina completamente diferente,a de esperar as coisas boas acontecerem,não espero nada cair do céu,nunca nem esperei,mas espero que pelo menos as coisas boas em que estou me empenhando,saiam direito,do jeito que tem que ser...mas não é bem assim,tenho encontrado alguns obstáculos pelo caminho e mesmo me esforçando ao máximo para não desanimar,tem dias que me sinto muito deprimida,sem vontade de seguir em frente...
Comecei a fazer os preparativos para a nossa viagem,fui fazer os passaportes e também alguns documentos,pois já contava com a possibilidade do dinheiro do seguro de vida cair em minha conta,doce ilusão a minha...consegui fazer apenas os passaportes,os outros documentos pra minha surpresa(desagradável) estavam errados,tive que mandar retificar e com isso mais 20 dias de espera,após esse prazo,darei entrada no documento que realmente irei precisar e ai se vão mais 20 ou 30 dias de espera,isso me deixa ansiosa,essa espera me da medo,angústia de que algo não de certo.Pode ser coisa da minha cabeça,ando com a auto estima baixa,sei que tudo dará certo,aliás já esta dando certo (pensamento positivo). Tem o fator ainda de levar os meus filhos,muitas pessoas queridas vem e me dizem:não faça isso,não leve seus filhos,vá você sozinha e viva a sua história de amor,depois se der certo você volta e busca eles...Ninguém me entende,realmente essa história de amor é minha,eles não tinham que passar por isso comigo,mas com quem vou deixa-los?Ninguém fica assim sem mais nem menos com filhos de ninguém,ainda mais depois do que aconteceu não posso deixa-los aqui! Se eu os deixar aqui eles irão sentir,como eu me sentiria no caso abandonados,filhos não são ""uma coisa"" que você deixa com seus parentes,com seus pais para cuidarem...sei que estou arriscando até a vida deles,com esse meu sonho de cruzar o atlântico em busca do meu amor virtual,mas não posso deixa-los,Deus os confiou a mim e é comigo que eles iram ficar,não importam o que pensem,filhos não são gatinhos que você deixa na casa de alguém para cuidarem pra você.Vou seguir o que a minha mãe sempre me ensinou,não importa a situação que você se encontre,seus filhos tem que ficar com você,seja sol,seja chuva,nem que vocês tenham que comer somente pão com ovo,mas não se separe de seus filhos,mãe é insubstituível,e filhos também.Penso que algo eles tem que tirar dessa história,seja bom ou ruim ,alguma lição eles aprenderão pra vida . Queria que tudo isso terminasse logo ,que já fosse o dia do embarque...que eu já estivesse desembarcando no Cairo...que eu já estivesse na porta de saída e encontrasse com o meu amor me esperando,que ele me abraçasse e me dissesse...Valeu apena esperar,em fim você chegou meu amor !!!
E com isso meus dias se arrastam,sonho,faço planos,faço projetos de como será minha vida no Cairo ao lado do homem que amo...sei que pra ele também não esta sendo fácil,ele sente as mesmas angústias que eu sinto,em fim ele encontrará a mulher que  tecla com ele  na web a mais de dois anos,eu sei que ele também tem seus receios e em pensar nisso ,fico mais agoniada (rsrsr).
Tem dias que ele esta um fofo,muito amável ,muito carinhoso,o homem pelo qual eu me apaixonei e ainda sou apaixonada,mas tem dias que ""pelo amor de Deus"" só amando muito para suportar! Conversando com ele sobre as minhas roupas, o que eu deveria usar quando chegasse no Cairo,ele disse :Amor,você irá sair do Brasil em pleno verão,mas aqui,não faz tanto frio,pode ser que onde você faça a conexão sim,mas aqui no Cairo não,vai esta só um pouquinho fresco porque será de madrugada o seu desembarque....(hahahah) Amor você esta vindo para o Egito,não para Moscou,pra que todo esse alvoroço?
Fico imaginando a cena,eu saindo  do Brasil em pleno verão com um monte de roupa de frio...Mas entre coisas tristes e boas,encontrei com umas amigas apaixonadas por habibi's também,foi maravilhoso rever e conhecer algumas das meninas,são lindas, adoráveis,quem disse que as coisas da internet não são verdadeiras?
Foi uma tarde maravilhosa em um café egípcio com dança e as dançarinas lindas. 
video
 Se podemos encontrar amizades verdadeiras ,porque não amores verdadeiros??? 

Um comentário:

  1. Esse turbilhão se sensações é normal, mas vai dar tudo certo! Quanto aos seus filhos, imagino que seja muito difícil tomar qualquer decisão, mas seu post me fez lembrar uma fase da minha vida que minha mãe também precisou tomar uma decisão..e nunca deixou eu e meu irmão. Sempre lutou e fez de tudo pra cuidar de nós dois. Sempre nos levou com ela, independente se o futuro seria florido ou não, minha mãe estava ali comigo e era isso o que importava! É por isso que dizem, mãe é mãe! beijoss

    ResponderExcluir